Cirurgia oral

Elevação do seio maxilar

Em certas situações clínicas, em que existe a necessidade de recorrer a procedimentos cirúrgicos complexos de elevação do seio maxilar para colocar implantes, a utilização de um motor piezo-elétrico permite a realização do procedimento de corte de osso, sem que ocorram quaisquer riscos de necrose óssea, permitindo que este procedimento seja realizado com maior facilidade pelo médico dentista e com maior comodidade para o paciente.

Exodontia sisos inclusos

A nossa clínica dispõe de todos os equipamentos necessários para a realização de um exame imagiológico detalhado, como ortopantomografo e CBCT (tomografia computorizada de feixe cónico), levando à perceção imediata de todas as estruturas anatómicas vizinhas que possam interferir com a extração do dente, permitindo a sua extração em segurança, sem riscos para o paciente.
Para além da vasta experiência clínica da Professora Doutora Paula Vaz na extração destes dentes, a clínica encontra-se também dotada de um motor cirúrgico para o auxílio nas técnicas de corte de osso e dente, sem quaisquer riscos de necrose óssea, tornando estes procedimentos mais cómodos para o paciente e com menos riscos para a sua saúde.
Além disso, o sistema de irrigação deste equipamento, com soro fisiológico estéril, permite eliminar os riscos intraoperatórios, como seja o enfisema e que o paciente tenha um pós-operatório excelente, sem quaisquer complicações ou risco de infeção.

Exodontia simples

Várias situações como cáries extensas ou fraturas radiculares com infeções associadas ou o intuito de abrir espaço para a realização de tratamento ortodontico podem levar à exodontia ou extração de um dente, seja ele um dente de leite ou um dente definitivo.
Para a realização de uma exodontia simples é necessário realizar uma anestesia local eficaz do dente e dos tecidos vizinhos do dente (osso, gengiva e ligamento periodontal), para que haja a garantia de que o paciente não irá sentir qualquer dor durante o procedimento de extração que inclui a luxação (aumento da mobilidade) do dente e a sua «extração propriamente dita».
Com excepção da extração de dentes decíduos com dentes permanentes sucessores, os tecidos gengivais são sempre suturados com alguns pontos de forma a prevenir hemorragias e promover uma boa cicatrização dos tecidos.

Realizar uma extração dentária pode ser um procedimento minimamente invasivo com recurso aos equipamentos e técnicas cirurgicas certas!

Pergunte-nos como!

Cirurgia avançada – All on Four

O sistema “All on four”, consiste numa técnica de implantes, que permite a colocação de implantes e de uma prótese fixa total aparafusada sobre implantes, em pacientes com reabsorção óssea severa do maxilar.

O procedimento consiste na colocação de dois implantes dentários inclinados até 30 graus na área posterior do maxilar onde existe falta de osso e outros dois implantes na parte anterior. Esta técnica permite assim aumentar a base de sustentação e aparafusar uma prótese acrílica, híbrida ou cerâmica com 12 dentes.

Esta técnica é também vulgarmente conhecida por permitir a “colocação de dentes em um dia”. Em determinadas situações, está indicada a colocação de uma prótese fixa aparafusada sobre os implantes colocados nesse mesmo dia, em função das circunstancias de cada paciente. Este procedimento é conhecido como a aplicação de “carga imediata sobre os implantes”.

AS próteses que se colocam no mesmo dia dos implantes são próteses provisórias, que posteriormente, numa segunda fase, têm de ser trocadas por próteses definitivas.

Esta técnica é uma excelente alternativa para pacientes que tem quantidades reduzidas de osso.

Procedimento realizado mediante consulta prévia de avaliação.